18 de outubro de 2006

Vinícius de Moraes


Marcus Vinícius da Cruz de Mello Moraes nasceu no Rio de Janeiro no ano de 1913.
Formou-se em Direito, onde ingressou na carreira diplomática, servindo em Los Angeles, Paris e Montevidéu. Era também formado em Literatura Inglesa, pela Universidade de Oxford.
Com apenas 19 anos, Vinícius publicou seu primeiro livro poético “Caminho para a distância”.
Extremamente lírico, o autor popularizou o soneto no Brasil.
Foi boêmio e muito conquistador, e isso refletia ao longo dos seus nove casamentos.

Suas principais obras:
Forma e exegese
Ariana, a mulher
Cinco elegias
Poemas, sonetos e Baladas
Soneto do Amigo
Enfim, depois de tanto erro passado
Tantas retaliações, tanto perigo
Eis que ressurge noutro o velho amigo
Nunca perdido, sempre reencontrado.

É bom sentá-lo novamente ao lado
Com olhos que contêm o olhar antigo
Sempre comigo um pouco atribulado
E como sempre singular comigo.

Um bicho igual a mim, simples e humano
Sabendo se mover e comover
E a disfarçar com o meu próprio engano.

O amigo: um ser que a vida não explica
Que só se vai ao ver outro nascerE o espelho de minha alma multiplica...
Vinícius de Moraes
(1913 - 1980)

Nenhum comentário: