6 de novembro de 2010

Desaparecidas

MOONEY, Chris. Desaparecidas. Rio de Janeiro: Objetiva, 2010. (Suma policial).


Darby McCormick conhecia Melaine Cruz e Stacey Stephens havia anos. Amigas de infância, celebravam então o aniversário de 16 anos de Mel, numa bebedeira descompromissada no bosque próximo a sua casa. Mal sabiam que aquela noite marcaria o fim trágico da amizade das três jovens: ao testemunharem acidentalmente o brutal assassinato de uma mulher, elas fugiram apavoradas do local, mas deixara pistas suficiente para que o criminoso as encontrasse e garantisse o silêncio eterno delas. Das três amigas, somente Darby sobreviveu.

Anos mais tarde, ela trabalha como investigadora para o Departamento de Polícia de Boston. Sua função é justamente vasculhar cenas de crimes em busca até das pistas que pareçam mais insignificantes. Como se quisesse, insconscientemente, vingar-se do assassino de suas amigas.

Quando uma jovem é levada de sua própria casa no meio da noite, uma testemunha inesperada cruza o caminho da jovem investigadora. A moça, Rachel Swanson, está em estado de choque, malnutrida - e estava desaparecida havia cinco anos. Como ela, existem outras, de que suas famílias nunca mais ouviram falar. E que podem ter sido vítimas do mesmo psicopata. Possivelmente o mesmo que há anos aterroriza os pesadelos de Darby.

Em Desaparecidas, Chris Mooney consegue prender o leitor do início ao fim. Uma obra no estilo do seriado CSI de tirar o fôlego.

Se você gosta de ficção policial, esse livro não pode faltar na sua leitura!!!


Chris Mooney nasceu em Lynn, Massachuset, e vive atualmente em Boston com sua esposa e seu filho. Escreveu Deviant Ways (2000), World Without End (2001) e Remembering Sarah (2004), obra ganhadora do Edgar Award. É também autor da série de livros policiais de Darby McCormick, da qual Desaparecidas é o primeiro volume. Para maiores informações, acesse: http://www.chrismooneubooks.com/

Nenhum comentário: